PARA HOSPEDAGEM CLIQUE NA IMAGEM

PARA HOSPEDAGEM CLIQUE NA IMAGEM
PARA HOSPEDAGEM CLIQUE NA IMAGEM

quinta-feira, 22 de março de 2012

Webjet com novidades no ar



Companhia estreia nova malha a partir do dia 25
A partir do próximo dia 25 de março, a Webjet começa a oferecer dez novos voos. Além disso, a companhia também vai aumentar o número de voos ligando o Rio de Janeiro e o Sul do país. Para marcar a estreia da nova malha, a empresa programou tarifas especiais sobre os preços que já são em média os mais em conta do mercado.
Do dia 25 em diante, a Webjet oferecerá novas viagens entre Ribeirão Preto e São Paulo (Garulhos), Brasília e Goiânia, Fortaleza e Recife, além de São Paulo (Guarulhos) e Natal. Já a Cidade Maravilhosa ficará mais perto de Porto Alegre e Florianópolis com mais voos diários e diretos. Para completar os lançamentos, as novas aeronaves não param de chegar. Os Boeings 737 800 já estão operando entre o Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Recife e Salvador, oferecendo aos passageiros um serviço cada vez mais eficiente.
Julio Perotti, presidente da Webjet, acredita que a nova malha aérea trará ainda mais benefícios ao cliente. “A Webjet tem conseguido ótimos resultados operacionais nos últimos meses. Os novos destinos e frequências mostram a preocupação da empresa em atender a demanda de todos os seus clientes da melhor forma possível”. O executivo destaca ainda que, além das mudanças no ar, a empresa vem trabalhando em novidades na terra também. Prova disso foi a inauguração das operações no novo Terminal 4 do Aeroporto de Guarulhos, que ocorreu no último mês.
Exemplos de tarifas nos novos destinos:
De Para A partir de
Ribeirão Preto São Paulo (GRU) R$ 89,99
Goiânia Brasília R$ 67,99
Fortaleza Recife R$ 129,99
São Paulo (GRU) Fortaleza R$ 239,99
Sobre a Webjet
A Webjet é reconhecida como a companhia com as tarifas mais competitivas do mercado. Ao todo são mais de de mil voos semanais e a sua malha cobre 18 cidades do Brasil. Sua frota é composta por 24 aeronaves entre, elas o novo Boeing 737-800 que tem capacidade para 184 passageiros. Desde o início de suas operações, em 2005, a Webjet já transportou mais de 15 milhões de pessoas.
segs

Azul - cancelamento do voo inaugural em Montes Claros


A Azul Linhas Aéreas informa que não poderá realizar o voo panorâmico de inauguração de suas operações em Montes Claros devido à condições meteorológicas desfavoráveis para a realização de tal procedimento. A companhia lamenta qualquer transtorno e esclarece ainda que está com operações regulares em Montes Claros deste 15 de março com seu moderno turboélice ATR 72-600 com duas frequências diárias ligando a cidade a Belo Horizonte e mais 38 conexões a partir dos aeroportos de Confins e Viracopos.
seegs

Caldas não é mais CIO da Gol


Marcos Caldas não é mais o CIO da Gol Linhas Aéreas. A informação é de fontes próximas à companhia aérea ouvidas pelo Baguete Diário e foi confirmada pela empresa por meio da sua assessoria.
Caldas assumiu a posição em junho de 2008, vindo da Sadia, onde estava desde 2005. Antes, o executivo atuou por 17 anos na Alcoa.
O profissional é formado em engenharia civil, administração, tem MBA na área administrativa e de finanças e, em 2004, participou de um curso de Advantage Management Program no exterior.

Um dos projetos divulgados durante a gestão do executivo foi a modernização de TI nos 48 aeroportos nacionais onde a Gol base e em mais três escritórios localizados em São Paulo.
O trabalho ficou a cargo da CPM Braxis Capgemini, que fez a substituição de todas as estações de trabalho e servidores utilizados nestas estruturas, além de homogeneizar o ambiente virtual, que antes era diversificado.
Em dez meses de trabalho, foram substituídos os sistemas operacionais e aplicativos de escritórios existentes, como Windows XP e Microsoft Office 2007, pelas versões do Windows 7 e Microsoft Office 2010, em mais de 3,5 mil estações de trabalho.
baguete

Quase mil vagas na Aeronáutica para níveis Médio e Técnico


A Aeronáutica recebe, a partir de hoje, inscrições para os concursos de Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento, sendo parte para modalidade especial — Eletrônica. São 932 oportunidades, em 37 especialidades, destinadas a candidatos de níveis Médio e Técnico. No dia 28, serão abertas as inscrições para quem almeja ingressar no curso de formação. Os estágios e o curso são ministrados pela Escola de Especialistas de Aeronáutica, em Guaratinguetá (SP).

Interessados devem se inscrever, até 12 de abril, pelo site http://www.eear.aer.mil.br. A taxa de é de R$ 60. Para se candidatar, é preciso ter entre 17 e 25 anos até 31 de dezembro de 2013, data da matrícula. Confira as regiões de prova: Rio (RJ), Belém (PA), Recife (PE), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), São José dos Campos (SP), Campo Grande (MS), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR), Brasília (DF) e Manaus (AM).

A seleção para o Curso de Formação de Sargentos é composta por exame de escolaridade (Língua Portuguesa,Ínglês, Matemática e Física), inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico e análise e conferência dos critérios exigidos e da documentação prevista para a matrícula. O curso tem duração de dois anos. Quem se candidatar ao Estágio de Adaptação à Graduação de Sargentos passará por exame de Português e conhecimentos específicos , avaliação de saúde, entre outras etapas.

o dia

Alta Floresta recebe 1ª aeronave para curso de piloto

O Aeroclube de Alta Floresta recebeu nesta terça-feira (20) uma das três aeronaves de pequeno porte que serão utilizadas nas aulas práticas da 1ª turma do curso de pilotos de aeronave privada no município.

“A homologação do Aeroclube pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) era uma ação muito aguardada na região. Vamos ter três aeronaves de instrução para realizar cursos de piloto de avião. Estamos buscando também a autorização especial para realizar os exames teóricos da ANAC para todas as categorias aqui em Alta Floresta. Acredito que no máximo em 60 dias teremos a resposta. A partir de agora, o Aeroclube vai criar um cronograma anual de cursos de pilotos, comissários de bordo e técnico de manutenção de aeronaves”, informou o gestor de segurança operacional do Aeroclube, Ademir Figueiredo.

A autorização para realizar os exames da ANAC será um grande avanço para Mato Grosso. Atualmente para fazer as provas é necessário se deslocar para Brasília, São Paulo ou Rio de Janeiro.

Cerca de 45 alunos já iniciaram no mês de janeiro as aulas teóricas do curso de piloto. Com carga horária de 300h, o curso tem as cinco disciplinas exigidas nas provas teóricas da ANAC: navegação aérea, regulamentos, meteorologia, teoria de voo e conhecimentos técnicos.

“É um momento histórico para Alta Floresta. De acordo com dados do Ministério de Agricultura e da Secitec, Mato Grosso tem a maior frota de aviões agrícolas da América Latina, são 257 aeronaves cadastradas. Alta Floresta vai formar mão de obra qualifica para atender essa demanda”, destacou o gerente comercial da Câmara de Dirigentes Lojistas de Alta Floresta (CDL), Eliseu Pelisson.

O Aeroclube também irá realizar aulas práticas de voo. São necessárias 40 horas para piloto de aeronave privada, 200 para voo comercial, 400 horas para ingressar no curso de aviação agrícola. Para piloto por instrumento são necessárias 200 horas de voos, além de aulas no simulador de voos (instrumento). Mais informações: (66) 3903- 1159.

o documento

TAM: tarifas continuarão a subir por causa do petróleo


- Os yields (indicador de tarifas aéreas) devem continuar subindo no mercado doméstico de aviação este ano no Brasil, não só para recompor os preços das passagens, historicamente em patamares baixos, mas também para compensar a alta do petróleo no mercado internacional. "Os yields vão ter de continuar subindo, do contrário não paga a conta", disse nesta quarta-feira Klaus Künhast, diretor comercial da TAM.

Após um logo período de guerra tarifária entre os concorrentes, no segundo semestre do ano passado as companhias aéreas brasileiras começaram um processo de recomposição de margens, que prometem continuar ao longo deste ano. Isso, porém, segundo Künhast, não significa o fim das promoções. "As promoções sempre existiram e continuarão. Mas as tarifas promocionais têm regras claras, como, por exemplo, a compra com antecedência", afirmou.

Segundo ele, a comunicação da TAM com relação a isso será mais "assertiva" este ano. No próximo domingo, a empresa lança uma nova campanha de marketing.

Sobre o fato de a Gol ter anunciado que deve passar a oferecer voos para Miami no segundo semestre, via Caracas, o executivo afirma que isso não preocupa a TAM. "A maior oferta de voos entre Brasil e Estados Unidos é feita por empresas americanas", disse. Segundo ele, considerando apenas os voos diretos entre os dois países, sem escalas, a TAM detém cerca de 30% desse mercado e o restante está nas mãos de empresas como American Airlines, United Airlines e Delta.

veja

Militares ignoram Dilma e anunciam festa para celebrar golpe de 1964

A festa no Clube Militar, em comemoração aos 48 anos do golpe militar que foi combatido pela jovem guerrilheira Dilma Rousseff, hoje presidente da República, promete ter potencial explosivo.

Se não bastasse a rebelião da base aliada no Congresso Nacional, a presidente Dilma Rousseff agora tem mais um abacaxi para descascar. Desta vez, entre os militares, que já vinham dando sinais de insubordinação assinando um manifesto contra a Comissão da Verdade. Desta vez, o que os militares preparam jápode ser considerado provocação. Dilma havia proibido comemorações, entre os representas da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, em relação ao aniversário do golpe de 31 de março de 1964, que os militares chamam de “Revolução”. Pois o Clube Militar antecipou a festa para o dia 29, daqui a 12 dias, e começou a distribuir os convites para a comemoração, que exige traje esporte fino.

A informação foi publicada neste sábado na coluna Panorama Político, assinada pelo jornalista Ilimar Franco, no jornal O Globo. Desde a demissão de N elson Jobim, que praticamente pediu para sair, com comentários agressivos em relação a Dilma e algumas de suas ministras, o governo vem administrando focos de crise entre os militares, que ainda não engoliram completamente a escolha de Celso Amorim. Formado nos quadros mais à esquerda do Itamaraty, Amorim imaginava que conquistaria a confiança dos militares, renovando a compra de equipamentos – por isso mesmo, anunciou a retomada da compra dos caças Rafale, da França.
No entanto, não conseguiu conter a insatisfação dos militares da reserva, que prepararam um manifesto contra a Comissão da Verdade e recolheram mais de 500 assinaturas. Os militares também demonstram preocupação com a tentativa de alguns promotores de rever a Lei de Anistia. Nesta semana, houve a tentativa, frustrada, de reabrir o julgamento de Sebastião Curió, que foi responsável pelo massacre dos guerrilheiros do Araguaia.
Agora, uma festa no Clube Militar, em comemoração aos 48 anos do golpe militar que foi combatido pela jovem guerrilheira Dilma Rousseff, hoje presidente da República, tem potencial explosivo.
chicoterra

Infraero movimentou 1,2 milhão de toneladas de cargas em 2011


A receita obtida na área de logística de carga foi de R$ 659,1 milhões e representa um crescimento de 3,5%

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) movimentou 1,2 milhão de cargas no último ano, o que resultou numa receita de R$ 659,1 milhões. A Infraero fez investimentos na área comercial no valor de R$ 90 milhões e desses, R$ 69 milhões foram destinados ao desenvolvimento de logística de carga e R$ 21 milhões na melhoria de estacionamentos de veículos dos aeroportos da Rede Infraero.

pantanalnews

Sigilo em investigação de acidentes aéreos revolta famílias de vítimas


Deve ser votado na Câmara dos Deputados nas próximas semanas o projeto de lei 2.453 de 2007, que tenta tornar sigilosa qualquer investigação de acidente aéreo no Brasil. Proposta pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), a lei tenta fazer com que o país se adeque à Organização Internacional de Aviação Civil, da qual é signatário. De acordo com as regras do órgão, acidentes aéreos devem ser investigados para minimizar futuras falhas, mas não punidos criminalmente.

Se aprovada, a nova lei permitiria, por exemplo, que a Aeronáutica não entregasse à Justiça a caixa-preta de um avião acidentado.

Revolta

O projeto de lei tramita no Legislativo há cinco anos, mas o deputado federal Vanderlei Macris (PSDB-SP) já pediu sua inclusão nas próximas pautas. A medida revolta os familiares de vítimas de acidentes aéreos, como os do caso Legacy, no qual os 154 passageiros do Voo Gol 1907 morreram após o choque com um jato.

"O projeto é flagrantemente inconstitucional e representa um retrocesso inclusive para o sistema de prevenção. Se na condução de uma aeronave houve a prática de um crime, seja ele doloso ou culposo, é obrigação primária do Estado, conforme a Constituição, investigar e punir os responsáveis pela tragédia. Historicamente, a pena tem finalidade preventiva, pois desestimula a prática de novos crimes", alega o advogado das famílias das vítimas, Dante D’Aquino.

jb

Brasil avalia liberação de eletrônicos em pouso e decolagem de aviões


A agência nacional de aviação dos Estados Unidos (FAA) resolveu investigar a prática comum de desligar os aparelhos eletrônicos durante o voo - principalmente nos momentos-chave de decolagem e pouso - e testar de verdade a teoria. O fato é que não existe nenhum estudo ou caso em que o uso de um smartphone ou de um tablet, por exemplo, tenham causado a queda de uma aeronave. No Brasil, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) afirmou que, se o resultado da agência americana se mostrar positivo, há possibilidades de a liberação ser aplicada também no País.

"Atualmente a Anac não contempla em seu planejamento nenhuma atividade para rever essa lista de dispositivos permitidos, no entanto, eventuais estudos e novas propostas de regras produzidos por outras autoridades estrangeiras, como FAA e EASA, podem ser avaliados por esta Agência e, posteriormente, internalizados em um formato adequado à realidade brasileira", afirmou, em entrevista ao Terra, Annelise Pereira Berutt, gerente técnica da agência nacional.

De acordo com o regulamento da Anac, o uso de equipamentos eletrônicos é permitido noBrasil "desde que não emitam ondas eletromagnéticas, para que não causem interferência nos sistemas de aeronave e mantenham a segurança do voo". Um artigo publicado no site de tecnologia Business Insider afirma que essa "prática" é uma lenda das mais bem contadas da história.

Nos Estados Unidos, algumas empresas áreas estão encorajando os pilotos a usarem iPads (o tablet da Apple) dentro da cabine de comando - o que, obviamente, iria contra o regulamento, para os passageiros, de que instrumentos eletrônicos podem inteferir com os equipamentos do cockpit e fazer o avião cair. A FAA jutifica que o novo contexto econômico em que o mundo está inserido e o crescimento do uso de smartphones, tablets e notebooks para a comunicação justificam que a agência "dê uma nova olhada" nas regras da avião comercial, como conta o The New York Times.

No entanto, no Brasil, o caminho é o da espera. Se os testes feitos fora do País forem conclusivos - para o bem ou para o mal - a Anac estudará a aplicação em território nacional, apesar de, atualmente, nas regras publicadas pelo site da Anac, a agência concordar que existe um contexto diferente hoje em dia, no qual o uso de smartphones e outros equipamentos eletrônicos precisam ser levados em conta.

jb

TAM lança nova campanha de marketing sem abordar fusão com LAN


A companhia aérea TAM apresentou nesta quarta-feira sua nova estratégia de marketing para 2012, e, apesar da campanha se estender por todo o ano, a fusão em andamento com a chilena LAN ainda não será abordada.

Primeiramente, a campanha da TAM será destinada ao mercado local, e somente no segundo semestre chegará a outros países, segundo a vice-presidente comercial e de marketing da empresa, Cláudia Sender. "Isso (chegada da campanha a outros países na segunda metade do ano) não tem a ver com a fusão, não há mudança de estratégia no curto prazo", afirmou a executiva a jornalistas. "Ainda não há nenhum plano de comunicação conjunta com a LAN. Ainda são duas empresas separadas", disse.

A conclusão da fusão das duas companhias aéreas, que criará a Latam, maior grupo aéreo da América Latina, está prevista para o segundo trimestre desde ano. Entre as estratégias de marketing da TAM, que começam a ser veiculadas no próximo domingo, estão as promoções de tarifas aéreas, embora a tendência de recuperação dos yields - referência do preço das passagens - deva ser mantida.

"Promoção sempre existe, mas existem regras, como horário. Queremos promoções o ano todo, mas a tendência de recuperação dos yields deve ser mantida", afirmou o diretor comercial da TAM, Klaus Künhast. As promoções da TAM este ano devem ser destaque para a estratégia da companhia, visto que um dos objetivos é atrair a classe C, como pessoas que nunca viajaram de avião. De acordo com estimativas da companhia, o mercado brasileiro transportou 7 milhões de passageiros que voavam pela primeira vez no ano passado.

Apesar de não divulgar o quanto será investido em marketing em 2012, a TAM informou que o montante será superior ao registrado em 2010 e 2011.
terra